Prefeitos do Norte e Jequitinhonha pedem obras para as regiões

Prefeitos do Norte e Jequitinhonha pedem obras para as regiões

Um grupo de cerca de 100 prefeitos e lideranças do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha se reuniu, hoje (27-08), em Montes Claros, na sede do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Área Mineira da Sudene (CIMAMS), para discutir uma agenda para o desenvolvimento sustentável dos municípios da região.

No encontro, a diretoria a CIMAMS entregou ao diretor da Presidência do Senado, Alexandre Silveira, que representava o presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco, uma pauta de reivindicações que, uma vez executadas, mudarão o perfil das duas regiões. Participaram do encontro o senador Carlos Viana, os deputados federais Igor Timo, Delegado Marcelo Freitas e Newton Cardoso Jr. e os deputados estaduais Arlen Santiago, Gil Pereira, Carlos Pimenta e Tadeu Martins Leite.

“São reivindicações de obras de infraestrutura de grande porte, como a duplicação das BRs 135 e 251, fundamentais para o desenvolvimento econômico e social do Norte, Jequitinhonha e Mucuri. Os municípios do CIMAMS podem contar com o empenho do senador Rodrigo Pacheco, com o meu empenho e de toda a bancada mineira no Congresso para ajudar a transformar essas demandas em realidade”, assinalou Alexandre Silveira.

Além da duplicação dessas rodovias, a entidade também pediu o esforço de Alexandre Silveira e do vice-líder do governo no Senado, Carlos Viana, também presente na reunião, para ajudar a viabilizar as seguintes demandas: a criação de um Porto Seco em Montes Claros, construção do aeroporto de cargas de Jaíba, criação do “Centro Norte Mineiro e Vale do Jequitinhonha de Convivência com a Seca“, a reforma da BR-367 entre o trecho de Diamantina e divisa com a Bahia, além de outras.

Na reunião, Alexandre Silveira ressaltou que Minas vive um momento histórico, pois tem hoje um mineiro na presidência do Congresso Nacional, o que não ocorria há décadas. “Com o senador Rodrigo Pacheco, o Senado transformou-se numa extensão dos 853 municípios mineiros. Portanto, ajudar o desenvolvimento econômico e social das cidades de Minas é hoje uma das nossas prioridades”, assinalou Silveira.

O presidente do CIMAMS, Valmir Moraes de Sá, também prefeito de Patis, lembrou do trabalho que o senador Rodrigo Pacheco, juntamente com Alexandre Silveira, vem fazendo em Brasília para ajudar, com recursos, os municípios do Estado. Ao longo dos últimos meses, Silveira recebeu na presidência do Senado cerca de 800 prefeitos mineiros.

“Em Brasília, nós fomos tratados como prefeitos, como gente. Estávamos precisando desse carinho e desse respeito. Infelizmente, não temos recebido esse tratamento do governo do Estado, que não gosta de prefeitos e nem gosta de político. Estamos muito felizes com o tratamento que recebemos no Senado”, assinalou o prefeito Valmir.

Desenvolvimento

Alexandre Silveira lembrou que Montes Claros é o segundo maior entroncamento rodoviário nacional (dispondo, para escoamento da produção, de rodovias como as BRs 135, 365, 251 e 122). Portanto, a melhoria dessas rodovias, bem como as demais obras solicitadas, são mesmo, segundo ele, fundamentais para o desenvolvimento dessas regiões do Estado.

As obras reivindicadas pelo conjunto de prefeitos do CIMAMS são também fundamentais para ajudar a alavancar duas grandes vocações econômicas do Norte e vales do Jequitinhonha/Mucuri: uma delas é a energia solar, atividade que vem crescendo de forma expressiva nos últimos anos nessas regiões.

A outra é a agricultura irrigada, com os grandes projetos em andamento, como o Jaíba, Gorutuba, Lagoa Grande e Pirapora. Juntos, eles totalizam 46 mil hectares em operação, com produção em grande escala, principalmente de frutas que abastecem os mercados mineiro, brasileiro e de outros países.

Outro grande empreendimento importantíssimo para o desenvolvimento econômico e social para essas regiões é a construção da barragem de Jequitaí. Graças à intervenção do senador Rodrigo Pacheco, foram garantidos no orçamento recursos da ordem de R$ 100 milhões para a retomada das obras, que estavam paralisadas.

Quando estiver concluída, o que deve acontecer num prazo de três anos, a barragem vai beneficiar uma população de aproximadamente 600 mil pessoas de 16 municípios do Norte de Minas. Além de aumentar a oferta de água para uma região que sofre com a seca, a obra vai também dinamizar o dinamizar o polo agroindustrial existente na região.

Homenagem

Em nome das prefeitas da região, Valquíria Rodrigues Cardoso, prefeita de Varzelândia, entregou uma placa em homenagem aos senadores Rodrigo Pacheco e Carlos Viana. O diretor da Presidência do Senado, Alexandre Silveira, recebeu a placa em nome do presidente do Congresso. Segundo a prefeita, essa foi uma homenagem pelo trabalho e compromisso com o desenvolvimento dos municípios da região.

Ela fez questão de agradecer ao Alexandre Silveira por abrir as portas do Senado para os gestores municipais, portas que nunca estiveram abertas antes. “Você nos trouxe esperança em dias melhores e é isso que nós precisamos. E eu repito aqui uma frase que é sua e que eu implementei essa semana. A boa política realmente é aquela que realiza, aquela que faz”, disse a prefeita ao Alexandre Silveira.