ALEXANDRE SILVEIRA TEM SEMANA INTENSA DE TRABALHO EM PROL DOS MINEIROS

ALEXANDRE SILVEIRA TEM SEMANA INTENSA DE TRABALHO EM PROL DOS MINEIROS

Pautas do Noroeste de Minas. Pavimentação da rodovia LMG-680. Pleitos da Polícia Civil de Minas Gerais. Melhorias para a segurança pública dos mineiros. Demandas coletivas para o desenvolvimento de Ipatinga e região. PEC 32/2020 em debate com entidades representativas dos servidores da Polícia Civil. Esses foram alguns dos assuntos tratados em várias reuniões ao longo da última semana de maio, em Brasília, pelo diretor Jurídico da Presidência do Senado, Alexandre Silveira.

Silveira recebeu, no dia 25/05, os membros da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Ipatinga para discutir uma série de demandas coletivas que visam ao desenvolvimento da região, tais como a instalação da delegacia da Polícia Federal, a celeridade nas obras do aeroporto regional e a agilidade na duplicação da BR-381. “Estamos nos prontificando a ajudar com as solicitações por entender sua relevância para o desenvolvimento de toda uma região de Minas”, destacou Silveira ao conversar com o presidente da Câmara, Toninho Felipe; o vice-presidente, Adiel Oliveira; o 1º secretário, Ley do Trânsito; e o 2º secretário, Zé Terez.

Na tarde de quarta-feira (26/05), Silveira se reuniu, ao lado do senador Antonio Anastasia, com prefeitos do Noroeste Mineiro. Participaram da audiência os deputados federais Zé Vitor, Igor Timo, Greyce Elias e Franco Cartafina e o deputado estadual Bosco, além do assessor do senador Rodrigo Pacheco, Jorge Periquito; da representante da Associação dos Irrigantes do Noroeste (Irriganor), Joice Martins; do vice-presidente da Associação dos Beneficiários da Rodovia LMG-680 e da Associação dos Agricultores, Luiz Fernando Gonçalves; e do diretor de Agricultura da BEVAP, Hermes Guimarães.

Na avaliação de Silveira, a conversa com os prefeitos foi muito positiva. Na oportunidade, ele reiterou seu compromisso de trabalhar para atender às demandas da região. Estavam presentes os prefeitos Oséias Cardoso (Brasilândia de Minas), José Gomes Branquinho (Unaí), Igor Santos (Paracatu), Nelson Pereira (Dom Bosco) e Edmar Maciel (João Pinheiro).

Segurança pública em pauta

Na quinta-feira (27/05), Silveira recebeu os delegados da Polícia Civil de Minas Gerais, Felipe Moraes Forjaz de Lacerda, assessor de Relações Institucionais da instituição, e Renato Cardoso, do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), para tratar de demandas da Polícia Civil. A destinação de mais investimentos e recursos para fortalecer a segurança pública foi a pauta da reunião. Alexandre Silveira se comprometeu a trabalhar pela viabilização dos pleitos apresentados.

Nesse mesmo dia, Silveira debateu a PEC 32/2020, que propõe reforma administrativa e está em tramitação na Câmara dos Deputados. Ele se reuniu com o presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), André Luiz Gutierrez, e a diretora da entidade, Aline Risi, além do presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (Sindipol/MG), José Maria de Paula, o diretor Antônio Marcos e o assessor da entidade, Wemerson Oliveira.

“Foi consenso entre nós que modernizar os serviços públicos não pode ser sinônimo de demonizar o servidor. Entendemos que a reforma é necessária, mas o Congresso Nacional, como caixa de ressonância da sociedade, não deve ter uma visão distorcida que comprometa a qualidade final dos serviços prestados à população. Temos ciência de que principalmente a segurança pública deve ser preservada e valorizada como carreira típica de Estado, pois é uma área fundamental para a garantia do estado democrático de direito”, afirmou Silveira ao final da reunião.

Educação superior e pesquisa

Ainda nessa última semana de maio, Alexandre Silveira acompanhou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, em reunião com a reitora da UFMG, professora Sandra Goulart Almeida. Durante a conversa, ela externou sua preocupação com o corte na previsão orçamentária da instituição. Silveira disse que eles ficaram sensibilizados com a questão e saíram da audiência com o compromisso de trabalhar a fim de garantir os recursos necessários junto ao governo para que a universidade federal mais bem avaliada pelo Inep possa continuar seu trabalho de excelência, tanto na educação superior quanto no campo das pesquisas.

Silveira disse que ele e o presidente do Senado estão muito esperançosos com a vacina contra a Covid-19 100% nacional, que está sendo desenvolvida pelos pesquisadores da UFMG. “Compartilhamos da sensibilidade e espírito público do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, que protagonizou o processo de ajuda à Universidade nos estudos e testes em curso, e que tanta esperança traz para todos nós. Seguiremos trabalhando para viabilizar e incentivar a educação e a ciência. A vacinação da nossa gente é a nossa prioridade”, concluiu Silveira.